NOTÍCIAS



SÁBADO

O maior produtor nacional de urnas funerárias iniciou a fase de testes das suas novas instalações, em Amarante, que vão permitir produzir mais de 200 caixões por dia, parte dos quais para exportação.

A empresa Joriscastro, que há seis anos lidera o sector em termos nacionais, investiu 6,5 milhões de euros numa nova linha de montagem que vai permitir quadruplicar a produção actual. Este investimento incluiu um novo pavilhão industrial em Fregim (Amarante) e a aquisição de equipamento. Joaquim Castro, dono da empresa, disse à Lusa que cerca 30 por cento da produção destinar-se-á ao mercado externo, sobretudo países europeus, como a França, Alemanha, Bélgica e Suíça. Neste momento, a empresa já exporta para Espanha, Itália, Angola e Cabo Verde.


SÁBADO